Band e Record disputam reality de moda

De acordo com a coluna “Zapping”, a Record comeu bola e está em vias de perder o reality de moda “Project Runaway” para a Band.

A atração estava reservada para Ana Hickmann havia quase dois anos, mas ficou mofando na gaveta da emissora de Edir Macedo. À procura de um novo programa para Adriane Galisteu, a Band entrou na jogada e já está negociando com a produtora Fremantle, dona do formato.

RD1

Alexandre Boury sai da Globo e é o mais novo diretor da Record

http://portaldatvaudiencia.files.wordpress.com/2011/01/trapalhoesdidicupido.jpg?w=272&h=166

O diretor e cineasta Alexandre Boury, depois de muitos anos de Globo, foi contratado pela Rede Record de Televisão.

Ele vai integrar a equipe de Alexandre Avancini, responsável pela nova novela de Cristianne Fridman.

Alexandre Boury é um cineasta nascido em São Paulo, em 1959, graduado em jornalismo pela Universidade Gama Filho e é o responsável pela direção de todos os filmes de Renato Aragão a partir de 1999.

RD1

Belém: “Balanço Geral” bate Globo no Ibope e lidera

http://natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110107090529.jpg

A Record Belém vem atingindo ótimos índices no Ibope, a boa fase da emissora vem batendo recordes e deixa a Globo em 2º lugar.

Entre os dias 13 e 17 de dezembro o novo “Balanço Geral” bateu a Globo no Ibope, marcou 13 pontos de média, contra 12 da Globo que exibia “Jornal Hoje” e parte do “Globo Esporte”

RD1

Record nega mudanças na sua logomarca e diz que não vai trocar

http://natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110107154240.jpg

A Rede Record deu entrada em novembro do ano passado no no processo de registro de um possível nova logomarca. O pedido foi publicado no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) na última terça (4).

Mas a mudança é negada pela emissora, segundo a assessoria, a Rede Record não vai trocar sua logomarca atual.

RD1

Band prepara novo programa para Adriane Galisteu

Adriane Galisteu renovou com a Band e já terá um novo programa.

A apresentadora que deixou o comando de “Toda Sexta” deve reestrear na Band em março e abril com uma atração que a emissora prepara

Segundo a coluna do canal 1, a emissora trabalha com a possibilidade de emplacar um reality sobre moda. A Band ainda não confirmou.

Geraldo Luis é sondado por outra emissora

Geraldo Luís, que está no ar de segunda a sexta-feira, das 6h às 6h45, com o jornalístico “Balanço Geral” pela Rede Record, e está sendo sondado por uma outra emissora para comandar um programa semelhante.

O apresentador recebeu a proposta de um canal aberto para assumir um programa no estilo policial, mas Geraldo ainda não deu resposta, porque o Balanço Geral estaria agradando ao apresentador e à emissora.

O site entrou em contato com a assessoria de imprensa de Geraldo, que não confirmou a informação. Apenas disse que o programa dele perdeu 15 minutos nesta semana e passa a ir ao ar das 6h às 6h45 da manhã para adequar a grade do canal.

A assessora informou ainda que Geraldo está feliz, porque sai para gravar nas ruas quase todos os dias, exercendo um lado jornalístico que gosta bastante.

RD1

“Sete Pecados” teve o pior índice na história do “Vale a Pena ver de novo”

“Sete Pecados” bateu recorde negativo na história do “Vale a Pena ver de novo” e foi a novela de menor audiência de todos os tempos no horário da tarde.

A novela Walcyr Carrasco estreou na telinha da Globo em 2007, e em menos de 3 anos depois estava de volta. Teve média de 30 pontos, índices bons, mas não foi um dos maiores sucessos, apenas superou a meta no horário das 19h.

No “Vale a Pena ver de novo” a novela estreou com apenas 12 pontos de média, foi subindo ao longo dos meses e nos seus últimos capítulos teve altos índices, chegando a fechar com 22 pontos de média.

O ultimo capitulo foi ao ar hoje com uma média de 21 pontos, segundo o Ibope. Mas mesmo assim fechou como a novela de menor audiência.

“Sete Pecados” bateu recorde negativo na história do “Vale a Pena ver de novo” e foi a novela de menor audiência de todos os tempos no horário da tarde.

A novela Walcyr Carrasco estreou na telinha da Globo em 2007, e em menos de 3 anos depois estava de volta. Teve média de 30 pontos, índices bons, mas não foi um dos maiores sucessos, apenas superou a meta no horário das 19h.

No “Vale a Pena ver de novo” a novela estreou com apenas 12 pontos de média, foi subindo ao longo dos meses e nos seus últimos capítulos teve altos índices, chegando a fechar com 22 pontos de média.

O ultimo capitulo foi ao ar hoje com uma média de 21 pontos, segundo o Ibope. Mas mesmo assim fechou como a novela de menor audiência.

Veja a audiência das antecessoras desde 2007

2007: Era uma vez – 17.5 pontos de média

2007: Da Cor do Pecado – 19 pontos de média

2007: Coração de Estudante – 17 pontos de média

2008: Cabocla – 17 pontos de média

2008: Mulheres Apaixonadas – 18 pontos de média

2009: Senhora do Destino – 21 pontos de média

2010: Sinhá Moça – 16 pontos de média

2010: Sete Pecados – 13 pontos de média

A versão compactada sofreu muitos cortes de edição, no “Vale a Pena ver de novo” foram 83 capítulos, na primeira vez que foi exibida teve 208 capítulos, a baixa audiência fez com que a emissora resumir a novela ao máximo.

RD1

“Chapolin” e “Chaves” deixam SBT na vice-liderança

http://centraldenoticias.files.wordpress.com/2008/07/chapo.jpg?w=375&h=368

Hoje foi ao ar mais uma dobradinha “Chapolin” e “Chaves“. Desde a mudança de horário de “Chaves” e a volta de “Chapolin” os dois vem mantendo a vice liderança para o SBT.

“Chapolin”  nesta quinta (06) marcou média de 8.0 pontos contra 6.5 da Record e 12.8 da Globo.

O seriado “Chaves”, que apresentou o epísodio – Seu Madruga Barbeiro – manteve os mesmos 8.0 pontos de média contra 7.7 da Record e 10.5 da Globo.

RD1

SBT cai 50% e Globo 8% em dez anos; Record sobe 31%

O PNT (Painel Nacional de Televisão) do Ibope mostra que o SBT perdeu quase 50% de seu público de 2000 até 2010.

A emissora caiu de 10,4 pontos de média em 2000 para 5,5 pontos em 2010. Cada ponto no PNT corresponde a 191 mil domicílios no país.

A segunda que mais caiu foi a Globo, que teve queda de 8,5%, passando de 19,9 pontos em 2000 para 18,2 pontos em 2010.

Já a Record cresceu 31% na década. Pulou de 5,5 pontos no PNT para 7,2 pontos, média de 2010. Band e RedeTV não tiveram alterações significativas.

As informações são da coluna “Outro Canal”.

Luciano Facciolli zera no Ibope e perde para Pastor

Nesta manhã de quinta-feira, o “Primeiro Jornal”, apresentado por Luciano Facciolli não se deu bem na capital carioca.

O programa religioso exibido antes marcou 0.1 de média. Então, logo em seguida é exibido o “Primeiro Jornal”, que para surpresa de todos, ao invés de subir a audiência do programa religioso, caiu… e marcou 0.0 de média.

Sim, zerou no Ibope lá no Rio de Janeiro. E perdeu para o programa de um Pastor que era exibido na RedeTV!, que garantiu 0.3 contra Facciolli.

E logo em seguida, o “RJ Acontece” subiu e fechou com 0.2 de média.

RD1

Programa da TV Cidade, afiliada da Record em Fortaleza, é líder isolado

A TV Cidade, afiliada da Rede Record em Fortaleza no Ceará anda muito bem na audiência.
Um dos seus principais programas o Cidade 190, fechou o mês de dezembro na liderança isolada, batendo de frente com o jornal local da Globo no Ceará. No confronto direto, das 12h45 às 13h15, a TV Cidade é líder, veja:

1° – Cidade 190: 14,0pontos
2° – Emissora B: 11,6 pontos
3° – Emissora C: 10,7 pontos

No horário de 11h15 às 13h30, em que é exibido o Cidade 190 por completo, o programa vence a programação local da emissora C do início ao fim, veja:

1° – Emissora A: 14,4 pontos
2° – TV Cidade/Record: 11,0 pontos
3° – Emissora C: 8,6 pontos
4° – Emissora D: 1,2 pontos

O programa está a quase sete anos no ar, é apresentado por Edson Silva e Vítor Valim e exibido de segunda a sexta, às 12h15.

RD1

Em 10 anos, SBT perde quase a metade de sua audiência

O SBT perdeu 47% de sua audiência em 10 anos segundo o IBOPE.

Este ano a emissora completa 30 anos sem muitos motivos para comemorar. Em meados de 2000, SBT registrava 10.4 pontos de média, a emissora estava na sua melhor fase, programas, reality shows e novelas faziam sucesso.

Aos longos do ano a emissora perdeu audiência, e se compararmos com hoje e dez anos atrás veremos uma queda de quase a metade da audiência.

Hoje a média do SBT é em torno de 5.5, uma queda acentuada nas novelas e em vários horários.

RD1

Rio de Janeiro: Segundo capítulo de “Sansão e Dalila” fica 14 minutos na liderança

http://tv.i.uol.com.br/televisao/2010/11/02/juliana-lohmann-e-fernando-pavao-gravam-cenas-de-sansao-e-dalila-291010-1288710643443_560x400.jpg

A minissérie Sansão e Dalila ficou com a vice-liderança isolada com 16 pontos de média, 10 a mais que a terceira colocada. O share foi de 30% e o pico foi de 19.

A atração chegou a ficar 12 minutos na liderança isolada e 2 minutos empatada em primeiro lugar na sua faixa de exibição que foi das 23h03 às 00h10.

RD1

 

“Cinema em Casa” cai, fecha em 4º lugar e é ameaçado pela Gazeta

Foi ao ar o filme “O Desafio” no Cinema em Casa do SBT.

O filme não foi bem na audiência e chegou a ficar em 6º lugar perdendo para a Gazeta e a TV Cultura em alguns momentos.

Na média o programa registrou média de 3 pontos.

No horário a Globo ficou na liderança isolada com 23 pontos, a Record que reconquistou a vice-liderança registrou 7 pontos de média, a Band logo atrás com 6.5 e atrás do SBT ficou a Gazeta com 2 pontos.

Os números são prévios e podem sofrer alterações nos consolidados.

RD1

“Sansão e Dalila” estreia na vice-liderança isolada em quatro praças

http://natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110105004535.jpg

A estreia de “Sansão e Dalila”, que foi ao ar na noite da última terça-feira (4), alcançou excelentes índices de audiência a Record. Nas quatro principais praças de medição do Ibope em tempo real, a minissérie se posicionou na vice-liderança isolada.
Na Grande São Paulo, “Sansão e Dalila” estreou com 13 pontos de média contra 9 do SBT, que exibia o filme “A Fantástica Fábrica de Chocolate” no “Cine Espetacular”. Já no Rio, a audiência foi ainda maior, com 18 pontos ante 8,5 da rival. Também foi relevante o desempenho da trama se comparado com a Globo, que teve 19 pontos no horário.
 
Em Belo Horizonte e em Porto Alegre a vitória se deu por uma margem menor: 8 pontos a 7.

Esses índices são prévios e são baseados na preferência dos telespectadores das respectivas capitais. Dados consolidados podem variar para mais ou para menos.

Na telinha

Record já começa seleção de participantes para “A Fazenda 4″

A produção da Rede Record já começou a selecionar os próximos confinados do reality show “A Fazenda”, de acordo com a coluna “Zapping”, o diretor da atração já começou a pensar nos nomes que ocuparão a casa em julho.

Ainda sobre o programa, a emissora decidiu, finalmente, comprar a sede da atração, que fica em Itu, interior de São Paulo.

RD1

Trabalhos de “Amor e Revolução” estão atrasados

Tiago Santiago entregou 24 capítulos de “Amor e Revolução”, do SBT. Diferentemente de outros folhetins do canal, esse não estreará todo pronto.

Segundo o jornal “Agora São Paulo”, os preparativos da trama, que custará R$ 35 milhões, estão atrasados. As gravações começarão na segunda, e o elenco nem provou o figurino.

RD1

Sem audiência, “Negócio da China” sai do ar em Portugal

http://natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110104134617.jpg

Repetindo a má performance registrada no Brasil, onde teve uma das piores médias de toda a faixa das 18h da Globo, “Negócio da China” também não foi bem aceita pelo telespectador de Portugal.

Esta semana a SIC, parceira internacional da emissora carioca e transmissora da novela, tomou a drástica medida de extinguir o folhetim a aproximadamente dois meses de seu desfecho.

Para elevar a audiência perdida nas últimas semanas, o canal português escalou a reprise de “Alma Gêmea”, de Walcyr Carrasco, folhetim o qual teve ótima aceitação no país, assim como teve no Brasil e na Argentina.

Na Telinha

 

Elenco de “Rebelde” suou a camisa para entrar na novela

Melanie Fronckowiak, Chay Suede, Sophia Abrahão, Micael Borges, Lua Blanco e Arthur Aguiar passaram por pelo menos quatro testes que avaliavam interpretação, canto, dança e química com os parceiros de cena, foram mais de 600 candidatos, mas conseguiram ser escolhidos para protagonizar a versão brasileira de “Rebelde” .

Shophia desabafa “Foram os três meses mais angustiantes da minha vida. Eles são fãs muito apaixonados. Tenho amigas de São Paulo doentes por ‘Rebelde’. Elas enlouqueceram quando souberam que eu ia estar na novela.

Todo mundo que vinha para o teste de “Rebelde” fazia mistério. Nem a Sophia tinha me contado! Aí eu disse: “Mas você vai fazer teste para o papel de mulher, e eu para o de homem!”brinca Arthur.

Depois de escolhidos vieram dois meses de aulas de expressão corporal e canto já que o sexteto vai dar origem a uma banda de verdade, tal qual o extinto RBD.

Nenhuma novela tem isso, a gente só vê uma preparação dessas no cinema” revela Micael.

Sou tímido, mas não fiquei intimidado diante das câmeras. O Ivan deixou a gente muito à vontade. A responsabilidade é tremenda, mas os atores preferem não criar muita expectativa” revela Chay.

Melaine conta “A gente só vai ter noção do tamanho quando for ao ar. Eu não sei o que é andar num shopping e ser parada pelas pessoas. Se a gente se preocupar muito com isso, perde o principal, que é a espontaneidade. Mas estamos doidos para ver o resultado, ator é um bicho muito ansioso”.

Lua garante que não será apenas uma copia da novela mexicana, “Vi alguns vídeos dos shows do grupo, mas não é muito o nosso interesse seguir os passos da original. Vamos fazer do nosso jeito”.

Vamos manter na trama o conceito de ‘Rebelde’: jovens com conflitos de jovens. Acrescentamos mais personagens, pois as novelas brasileiras exigem mais núcleos. Acho que os fãs vão gostar de ter os rebeldes brasileiros. Um elenco lindo, com talento e muita garra” aposta a autora Margareth Boury.

Com informações do “Sessão Extra”

Mel Lisboa se emociona com a estreia de “Sansão e Dalila”

Mel Lisboa fica comovida com as primeiras cenas de Sansão e Dalila  - Ag.Aphotos

Nesta terça-feira a Record reuniu todo o elenco de “Sansão e Dalila” para assistir a estreia da minissérie.

A protagonista Mel Lisbou se emocionou durante toda a exibição da minissérie e confessou que estava segurando o choro.

A atriz tambem conversou com a imprensa e disse estar feliz por mostrar o lado humano de Dalila, e acredita que o publico irá torcer para o romance entre Sansão e Dalila.

RD1

“Sansão & Dalila” estreia com ótimos índices e chega a liderança no RJ

A estreia da nova minissérie bíblica da Record garantiu ótimos índices na noite desta terça-feira, tanto em São Paulo, quanto no Rio de Janeiro.

Em São Paulo, “Sansão & Dalila” garantiu 13 pontos de média, contra 26 da Globo e 09 do SBT. Já no Rio de Janeiro, Sansão & Dalila ficou na vice com 18 pontos de média e chegou a liderança com picos de 20, no horário a Globo liderou com 19 pontos e o SBT ficou com 8.5

Em Belo Horizonte, garantiu 8 pontos de média contra 18 da Globo e 7 do SBT. E em Porto Alegre, também 8 de média, contra 7 do SBT.

RD1

“RJ Record” em alta na audiência

http://natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110104110630.jpg

Na última segunda (3), o “RJ Record” registrou bons índices de audiência.

Comandado por Luiz Bacci das 19h10 às 20h25, o telejornal registrou média de 9 pontos e pico de 11, contra 6 do SBT, que exibia parte de sua nova programação, com “Cinema em Casa” e “Eu, a Patroa e as Crianças”, e o “SBT Brasil.

Entre os temas abordados no dia, estavam o caso da psicóloga desaparecida e a possível ida de Ronaldinho Gaúcho para o Flamengo.

Na Telinha

“Cantando no SBT” estreia com boa audiência

http://natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20110104102127.jpg

A edição de estreia do “Cantando no SBT” teve bons índices de audiência na noite da última segunda-feira (03).

Na média geral, o programa teve 7 pontos com picos de 9. Apesar do bom desempenho, a atração ainda assim foi derrotada pela Record, que teve 10 pontos com o “Jornal da Record”.

Na Telinha

Record estreia neste sábado Cine Maior, no lugar do Legendários

A TV Record vai colocar uma sessão de filmes no lugar de Legendários, que entrou de férias neste mês de janeiro. Com o título de Cine Maior, já com logo definido (como pode ver acima), entrará logo depois da segunda parte do programa de Rodrigo Faro.

No ar a partir das 22h15 estará competindo diretamente com o final do capítulo de sábado da novela das 21h na Globo, e o começo do Super Cine. Além de Ana Raio e Zé Trovão no SBT. Essa estratégia serve para dois motivos, evitar reprises do humorístico que não deu muito certo, e só alcançou bons índices graças a Fazenda, e competir na audiência, mas neste caso pode ser uma grande falha, já que a grande parte dos exibidos sábado à noite na Globo são inéditos.

E o pior é que começará na semana que vem o BBB, com provas e transmissão ao vivo, deixando a Record ainda mais para atrás. Mas você pode até falar, só colocar filmes inéditos, isso eu até posso concordar, mas para a estreia está agendado a reprise (mais uma vez) de “O Virgem de 40 Anos”. O bom mesmo é esperar e ver no que resulta.

Texto de autoria RD1

“Araguaia” bate novo recorde e chega a 30 pontos de média

Nesta terça (04/01) foi ao ar mais um capítulo da novela das seis.

No quesito audiência, a novela bateu um novo recorde, registrando 5 pontos a mais do que sua meta e aumentando a audiência da emissora no horário. A trama vinha registrando baixos índices no meio da trama após ter um bom começo e vem recuperando rapidamente a audiência, registrou 30 pontos de média com picos de 33 pontos. Neste período a Band e o SBT dividiram o segundo lugar com 8 pontos e a Record amargou o quarto lugar com 6 pontos.

Os números são prévios e podem sofrer alterações no consolidado. Cada ponto equivale 60 mil domicílios na Grande São Paulo.

Araguaia vai ao ar de segunda a sábado às 18h pela Rede Globo.

RD1

“Cinema em Casa” garante a vice para o SBT

Nesta terça (04/01) foi ao ar o “Cinema em Casa” com o filme “Dennis, o Pimentinha”.

No quesito audiência assegurou a vice liderança para o SBT com uma média de 7.4 pontos para a emissora. Neste período a Band garantia o terceiro lugar com 7 pontos de média e a Record amargou o quarto lugar com 5.8 pontos.

Os números são prévios e podem sofrer alterações no consolidado. Cada ponto equivale 60 mil domicílios na Grande São Paulo.

“Cinema em Casa” vai ao ar de segunda à sexta às 17h30 pelo SBT.

RD1

“24 Horas” alavanca audiência da Globo nas madrugadas

Mesmo indo ao ar de madrugada, a estreia da última temporada da série “24 Horas”, nesta terça-feira (4), na Globo, rendeu o dobro de audiência da temporada passada.

Segundo a jornalista Keila Jimenez, o início da despedida de Jack Bauer, que entrou no ar às 0h15, registrou na emissora média de 11 pontos de audiência.

A temporada passada, que foi ao ar em fevereiro de 2010, estreou com 6,5 pontos de audiência. A Globo ainda tem em seu pacote de séries “Glee” e a última temporada de “Lost”, que deve ir ao ar em fevereiro.

As informações são do “Outro Canal”.

SBT realiza workshop sobre ditadura militar para “Amor e Revolução”

 

O SBT realizou nesta segunda, 3 de janeiro, um workshop sobre ditadura militar com o elenco e equipe da novela Amor e Revolução. O objetivo do evento é preparar os profissionais para o início das gravações da trama, com estreia prevista para março de 2011 e que falará sobre este período da história do Brasil.

O primeiro dia do workshop foi repleto de surpresas. Já na entrada do Estúdio 7 do CDT da Anhanguera, local onde aconteceu o encontro, os convidados foram recebidos por um pelotão militar, que fazia revista de todos. Dentro do estúdio, fotografias, vídeos, roupas típicas, móveis originais, e objetos como armas e aparelhos eletrodomésticos estavam em exposição, recriando a atmosfera dos anos 60 no Brasil.

Antes de dar início às palestras do dia, o autor Tiago Santiago, e os diretores Reynaldo Boury e o produtor executivo Sergio Madureira agradeceram à plateia, composta por todos os atores do elenco, entre eles Lúcia Veríssimo, Licurgo Spínola, Joana Limaverde, Graziela Schmitt, Thais Pacholek, Cláudio Lins e Paulo César Pereio. Ao final do discurso de Madureira, o som de tiros vindo do fundo do estúdio chamou a atenção de todos, quando uma das convidadas resolveu se levantar para fazer uma pergunta. Tudo parte da encenação para dar uma demonstração de como serão as cenas de aventura da trama.

Em seguida, os convidados ouviram o relato do músico Luiz Ayrão, que ficou preso por quatro dias no período da ditadura, e falou sobre a repressão às expressões culturais. Ricardo Zarattini relembrou o período em que viveu clandestino e as torturas que sofreu nas duas prisões em que esteve. Para fechar as palestras da manhã, Carlos Russo Jr. contou em detalhes como era o treinamento dos guerrilheiros para a luta contra os militares.

O workshop com a equipe de Amor e Revolução continua nesta terça, 4 de janeiro, na sede do SBT em Osasco.

O Planeta TV